"BATACLAN & LE PETIT CAMBODGE NA RUA BICHAT: NATUREZA EMERGENCIAL DECLARATÓRIA E O PRECEDENTE DE ESTADO MÁXIMO NA SOMBRA DE PARIS"

  • Danilo Pierote Silva UNIVEM
  • Norton Maldonado Dias

Resumo

O estrangeirismo das expressões Bataclan e Le Petit Cambodge fazem referências ao teatro e ao estabelecimento que foram marcados pelos ataques terroristas na capital francesa em novembro de 2015. Ocorre que o reconhecimento e a formalização presidencial para uma emergência que partiu principalmente dos eventos datados a partir de novembro de 2015 relatam aspectos perceptivelmente emergenciais de muito antes, levantando questionamentos acerca do reconhecimento e formalização presidencial após todo um histórico de anormalidades e antecedentes de violência. O Trabalho busca rever o reconhecimento e a formalização presidencial para responder o que, de fato, significa emergência em um histórico de violência que já vinha fazendo parte do cotidiano político internacional e as tendências de maximalismo estatal quando a contenção do aparente estado de normalidade não consegue mais passar desapercebido diante da realidade política contemporânea ou da sociedade civil.  
Publicado
2017-01-27
Como Citar
SILVA, Danilo Pierote; DIAS, Norton Maldonado. "BATACLAN & LE PETIT CAMBODGE NA RUA BICHAT: NATUREZA EMERGENCIAL DECLARATÓRIA E O PRECEDENTE DE ESTADO MÁXIMO NA SOMBRA DE PARIS". Revista de Artigos do 1º Simpósio sobre Constitucionalismo, Democracia e Estado de Direito, [S.l.], jan. 2017. Disponível em: <http://revista.univem.edu.br/1simposioconst/article/view/1221>. Acesso em: 26 sep. 2017.
Seção
Constitucionalismo e Democracia: crise e superação