FUNCIONALIDADE DE SENHAS POR COMANDOS DE VOZ

  • Edio Roberto Manfio Fatec-UEL

Resumo

Alguns processadores de sinais da fala disponíveis no mercado e compatíveis com minicomputadores amplamente utilizados em Domótica e Mecatrônica têm significativa eficiência em termos de acurácia. Neste âmbito, este artigo tem como objetivo avaliar um desses processadores quanto à capacidade de operar simulando o recurso de biometria por voz – em Português do Brasil -, que normalmente requerem sistemas muito mais robustos. A relevância do estudo está em evidenciar possibilidades de utilização de senha por voz com uso de dispositivos mais acessíveis em termos de custo e que sejam aplicáveis a projetos e protótipos em cursos de graduação voltados a Desenvolvimento de Sistemas ou Mecatrônica. Estão envolvidas na pesquisa as áreas de Linguística, Processamento de Linguagem Natural, Programação, Eletrônica e outras diretamente relacionadas.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Doutorando em Linguística pela Universidade Estadual de Londrina (2013), Mestre em Linguística pela Universidade Estadual de Maringá (2006), Graduado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997). Atualmente é professor Associado da Faculdade de Tecnologia de Garça onde desenvolve projeto em Regime de Jornada Integral - RJI. Atua nas áreas de Linguística Geral, Fonética e Fonologia, Sociolinguística, Dialetologia, Processamento de Linguagem Natural, Processamento de Sinais da Fala, Análise do Discurso e Linguística Textual. Possui também formação na área de eletrônica.
Publicado
2016-08-22
Como Citar
MANFIO, Edio Roberto. FUNCIONALIDADE DE SENHAS POR COMANDOS DE VOZ. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM - ISSN 1984-7866, [S.l.], v. 9, n. 1, p. 33-48, aug. 2016. ISSN 1984-7866. Disponível em: <http://revista.univem.edu.br/REGRAD/article/view/1276>. Acesso em: 22 june 2017.

Palavras-chave

Senhas, Autenticação por voz, Biometria, Comandos por Voz.