Direito e literatura: reflexões acerca da manipulação genética no romance Admirável Mundo Novo

  • Andressa Magi
  • Sandra Regina Vieira dos Santos

Resumo

Vive-se, atualmente, o tempo da interdisciplinaridade e, pensando nisto, torna-se impossível conceber o Direito como uma ciência isolada das demais, sem influências externas. Destarte, o presente trabalho abordará uma análise interdisciplinar entre o direito e a literatura. Tal proposta fundamenta-se na investigação das influências e possibilidades dos aplicadores do Direito em utilizar a ficção literária para compreensão e interpretação da ordem jurídica de modo crítico e humanizado a partir da leitura e discussão da obra Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley. Neste romance é possível transcender as páginas da literatura e especular o universo real subsidiado por este contexto ficcional no que concerne a correlação dos limites da manipulação genética e da clonagem humana, tendo como aporte teórico os estudos do biodireito e da bioética.
Publicado
2017-10-31
Como Citar
MAGI, Andressa; DOS SANTOS, Sandra Regina Vieira. Direito e literatura: reflexões acerca da manipulação genética no romance Admirável Mundo Novo. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM - ISSN 1984-7866, [S.l.], v. 10, n. 01, p. 285 - 301, oct. 2017. ISSN 1984-7866. Disponível em: <http://revista.univem.edu.br/REGRAD/article/view/2193>. Acesso em: 16 dec. 2017.

Palavras-chave

Admirável mundo novo; Biodireito; Bioética; Literatura