A APLICAÇÃO DE CONCEITOS ADMINISTRATIVOS EM INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS A PARTIR DA PERSPECTIVA DO MDA

  • ANA CLARA BREVI DE MOURA UNIVEM
  • Solange Aparecida Devechi Ordones UNIVEM

Resumo

O Modelo de Discipulado Apostólico (MDA) é uma proposta voltada para o crescimento de igrejas protestantes que tem conquistado espaço e importância no cenário brasileiro e mundial, servindo-se de prerrogativas administrativas para fundamentar-se e tornando o funcionamento das igrejas que o adotam mais próximo do modelo de gestão empresarial. Em consequência disso, percebe-se alterações significativas tanto quanto à maneira de condução dos trabalhos eclesiásticos bem como os resultados alcançados. Destarte, a análise da maneira como a aplicação de conceitos administrativos em uma instituição religiosa contribui para seu desenvolvimento torna esse artigo relevante para os estudos administrativos uma vez que é recente esse tipo de adoção na condução de trabalhos eclesiásticos. Para tanto, a metodologia utilizada será o mapeamento daquilo que já fora produzido acerca do assunto, coleta de dados realizada a partir de informações e registros disponíveis acerca dos princípios do MDA.


Palavras-chaves: Modelo de discipulado apostólico; gestão empresarial; igreja; administração.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Graduada em Psicologia pela Fundação Educacional de Bauru (atual UNESP). Pós-graduação "Lato Sensu" em Administração de Recursos Humanos, pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP-SP). Especialista em Coordenação de Dinâmica de Grupo, pela Associação Brasileira de Dinâmica de Grupo (SBDG-RS). Titulação de Mestre no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Marília, com a dissertação intitulada Modelo para análise de usabilidade de periódico científico eletrônico, com ênfase em assuntos que envolvem a comunicação científica, usabilidade em website, informação e tecnologia, revistas eletrônicas e aspectos cognitivos do ensino-aprendizagem na construção do conhecimento científico. Possui curso de Capacitação de Tutores pela Fundação Getúlio Vargas e ANATED. Experiência de aproximadamente 28 anos em empresas de pequeno, médio e grande porte; em contexto familiar, nacional, bi-nacional, multinacional e prestação de serviços, na implantação, implementação e gerenciamento de Recursos Humanos. Há 15 anos atua como docente titular do Centro Universitário Eurípides de Marília (UNIVEM) nas disciplinas de: Psicologia do Comportamento Organizacional, Psicologia da Educação, Ética e Responsabilidade Profissional, Gestão de Pessoas, Liderança e Desenvolvimento Gerencial distribuídas nos cursos de Administração de Empresas, Ciências Contábeis, Licenciaturas em Letras, Matemática e Engenharia de Produção. Orientadora de Estágio Supervisionado e de Trabalho de Curso (TC) nas áreas de Recursos Humanos, Responsabilidade Corporativa, questões de Cidadania e Processos do Ensino-Aprendizagem. Experiência de 3 anos como Orientadora-Tutora pela UNASUS-UNIFESP na disciplina de Metodologia Científica e TC na área da saúde. Colaboradora da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Marília) em projetos ligados à Educação no Trânsito e mudanças de hábitos; voluntária da empresa Nestlé do Brasil Ltda. (Marília), em trabalhos de resgate à cidadania em comunidades carentes. Experiência na área de Psicologia, com ênfase em planejamento estratégico ambiental, comportamento humano, desenvolvimento de políticas de RH, avaliação psicológica, relacionamento interpessoal, dinâmicas de grupo, credenciamento de ISO e processo de ensino-aprendizagem nos aspectos cognitivo, emocional, social e motor.

Publicado
2018-08-28
Como Citar
BREVI DE MOURA, ANA CLARA; DEVECHI ORDONES, Solange Aparecida. A APLICAÇÃO DE CONCEITOS ADMINISTRATIVOS EM INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS A PARTIR DA PERSPECTIVA DO MDA. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM - ISSN 1984-7866, [S.l.], v. 11, n. 01, p. 309 - 324, aug. 2018. ISSN 1984-7866. Disponível em: <http://revista.univem.edu.br/REGRAD/article/view/2642>. Acesso em: 15 nov. 2018.