A INCERTEZA DO ACESSO A JUSTIÇA EM FACE DA CULTURA DO LITÍGIO: A ascensão de métodos alternativos de resolução de conflitos.

  • Eduardo Silva Luz

Resumo

O artigo busca analisar a concretização do direito de acesso à justiça, garantido constitucionalmente e inscrito pelo constituinte dentre o rol dos direitos fundamentais, será apresentado também à importância desse direito como forma de garantia dos demais direitos fundamentais. Esmiuçando os efeitos da justiça moderna nesse direito, sendo que esta passa por um atual momento de crise judiciária, devido à morosidade exacerbada e uma demasiada quantidade de processos que impossibilitam a garantia da justiça. Será analisada também, a cultura do litígio bastante presente na sociedade moderna, como uma das causas do problema no de esgotamento do judiciário, apresentando as atuais reformas legislativas que visam reformar e resolver o problema, principalmente estimulando a utilização de métodos alternativos de resolução de conflitos, como forma adequada de resolver a maioria dos problemas, e propiciando a população a mudança da cultura do litígio para a do consenso, garantindo assim o tão desejado sentimento de justiça

##submission.authorBiography##

Eduardo Silva Luz

Mestrando em Direito pela Universidade Católica de Brasília. Bolsista pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior  - CAPES . Graduado em Direito pela Associação de Ensino Superior do Piauí-AESPI

Publicado
2018-02-08
Como Citar
LUZ, Eduardo Silva. A INCERTEZA DO ACESSO A JUSTIÇA EM FACE DA CULTURA DO LITÍGIO: A ascensão de métodos alternativos de resolução de conflitos.. Revista Em Tempo, [S.l.], v. 16, n. 01, p. 72-92, feb. 2018. ISSN 1984-7858. Disponível em: <http://revista.univem.edu.br/emtempo/article/view/2507>. Acesso em: 22 oct. 2018. doi: https://doi.org/10.26729/et.v16i01.2507.