LIBERDADE, IGUALDADE E DEMOCRACIA

O TRABALHO HUMANO COMO LIBERDADE E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A DEMOCRACIA

  • Ilton Garcia Costa
  • Rita de Cássia Rezende

Resumo

A temática consiste em pensar em uma contextualização do trabalho humano como liberdade e as suas implicações para a democracia, utilizando o pensamento de Norberto Bobbio como um norte. A problematização do texto se dá em indagar se o trabalho humano constitui-se ou não em liberdade. O objetivo geral será investigar as fragilidades para a efetivação de um trabalho humano como liberdade na atualidade a partir do pensamento de Bobbio. Bem como compreender esse pensamento, analisando os conceitos de liberdade e de igualdade, discutindo as dificuldades da efetivação deles no contexto do trabalho humano na atualidade. A justificativa consiste em pensar a problematização da liberdade e da igualdade e suas implicações para a vivência democrática, especialmente no que diz respeito ao trabalho humano e sua qualidade de liberdade necessária à democracia. A metodologia utilizada no trabalho foi a pesquisa bibliográfica, tendo como textos base Igualdade e liberdade e Liberalismo e democracia de Bobbio. Conclui-se que o trabalho humano constitui-se em valor de liberdade. O trabalho humano, inserido num contexto de Estado democrático de direito pode ser visto como demanda de liberdade negativa e de liberdade positiva.

Biografia do Autor

Ilton Garcia Costa

Doutor e Mestre em Direito pela PUC-SP, Pós Doutorando pela Universidade de Coimbra. Professor do Programa de Doutorado, Mestrado e Graduação em Direito na UENP - Universidade Estadual do Norte do Paraná, líder do Grupo de Pesquisa em Constitucional, Educacional, Relações de Trabalho e Organizações Sociais - GPCERTOS da UENP, Mestre em Administração pelo UNIBERO, Vice Presidente da Comissão de Ensino Jurídico e Comissão de Estágio - OAB SP (2013 a 2015), membro da Comissão de Direito Constitucional e Direito e Liberdades Religiosas - OAB SP, Avaliador Institucional e de Cursos pelo MEC - INEP. Especialista em Formação Profissional - Alemanha, Matemático, Advogado. E-mails: iltoncosta@uenp.edu.br e iltongarcia@gmail.com

Rita de Cássia Rezende

Mestranda em Ciência Jurídica pela UENP – Universidade Estadual do Norte do Paraná. Especialista em Direito Civil e Processual Civil pela UEL – Universidade Estadual de Londrina. Filosofia Moderna e Contemporânea – UEL. Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho pela PUC/PR (Campus de Londrina). Graduada em Direito – UEL. Advogada da União.

Publicado
2019-11-30
Como Citar
COSTA, Ilton Garcia; REZENDE, Rita de Cássia. LIBERDADE, IGUALDADE E DEMOCRACIA. Revista Em Tempo, [S.l.], v. 18, n. 01, p. 272 - 299, nov. 2019. ISSN 1984-7858. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/emtempo/article/view/3152>. Acesso em: 01 june 2020.
Seção
ARTIGOS PARTE 2 - O PENSAMENTO DO LIBERALISMO E DEMOCRACIA DE NORBERTO BOBBIO