TEORIA TRIDIMENSIONAL DE “CORINGA”

A OMISSÃO ESTATAL, A SAÚDE MENTAL E O DIREITO PENAL

  • Rafael Barbosa Teixeira UNIVEM

Resumo

O presente artigo procura, a partir do longa-metragem “Coringa”, analisar três de seus aspectos: a omissão estatal, a saúde mental e a relação destes dois elementos com o Direito Penal. Destaca-se a importância de um Estado presente com relação aos doentes mentais, promovendo políticas públicas destinadas a tais indivíduos e, a partir de tal premissa, de um Direito Penal atento ao seu papel preventivo quando se trata de indivíduos cujo desequilíbrio psíquico pode levar ao cometimento de crimes. O filme, nesse sentido, é abordado como pano de fundo e exerce papel de ligação para aspectos tratados como individuais, mas que são mais unidos do que se pensa.

Publicado
2022-04-27
Como Citar
TEIXEIRA, Rafael Barbosa. TEORIA TRIDIMENSIONAL DE “CORINGA”. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM - ISSN 1984-7866, [S.l.], v. 14, n. 1, p. 139 - 155, apr. 2022. ISSN 1984-7866. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/REGRAD/article/view/3331>. Acesso em: 20 may 2022.