INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NA GESTÃO EDUCACIONAL

  • Janderson Eduardo Sales UNIVEM
  • Celia de Oliveira de Santana

Resumo

No presente artigo relatam-se os efeitos de uma pesquisa realizada no âmbito de uma instituição privada de ensino fundamental e médio em Marília. A pesquisa envolve o tema Inteligência Emocional na Gestão Educacional, com o objetivo de fomentar reflexões relativas sobre a importância de aplicar a educação emocional na sala de aula. Para tanto, o docente necessita de um preparo emocional tornando-o apto para transmitir para os alunos. A pesquisa foi fundada no modelo de metodologia qualitativa da pesquisa, foi feito um levantamento bibliográfico através de livros, revistas, periódicos e meios eletrônicos, os quais se constituíram como fundamentos característicos da pesquisa exploratória, cuja observação encontra-se voltada para a utilização de uma análise interpretativa dos dados recolhidos. Acredita-se que com base nas referências teóricas analisadas, e a partir das evidências empíricas, esta pesquisa venha a contribuir para a discussão sobre a importância do desenvolvimento da competência emocional do educador.
Palavras-Chave: Educação. Inteligência Emocional. Aluno. Professor.

Publicado
2022-04-28
Como Citar
SALES, Janderson Eduardo; DE SANTANA, Celia de Oliveira. INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NA GESTÃO EDUCACIONAL. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM - ISSN 1984-7866, [S.l.], v. 14, n. 1, p. 81- 94, apr. 2022. ISSN 1984-7866. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/REGRAD/article/view/3347>. Acesso em: 20 may 2022.