CONVERSÃO DO DIREITO POSITIVO AO DIREITO SUBJETIVO MODERNO

  • FABIO MARQUES FERREIRA SANTOS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO- PUC/SP

Resumo

CONVERSÃO DO DIREITO POSITIVO AO DIREITO SUBJETIVO MODERNO

THE CONVERTING OF POSITIVE RIGHT INTO THE MODERN SUBJECTIVE RIGHT

 

RESUMO

O presente texto tem como objetivo explicitar a passagem do Direito positivo ao Direito subjetivo. Para realizar tal tarefa, seguiremos a descrição histórica do clássico livro de Michel Villey. Essa discussão é importante, pois retoma a centralidade do homem, no interior da reflexão jurídica. Colocar o sujeito como centro do debate jurídico, como sabemos, só foi possível com a entrada da subjetividade no discurso filosófico.

PALAVRAS-CHAVE: Direito positivo. Direito subjetivo. Hermenêutica. Sujeito.

 

 

ABSTRACT

This text is intended to explain the passage from positive Law to subjective Law. To do so we will follow the historical description of the classic book by Michel Villey. This discussion is important once it incorporates the centrality of man within the legal reflection. To put the subject as the center of legal debate, as we know, was only possible with the entry of subjectivity in philosophical discourse.

KEYWORDS: Positive law. Subjective Law. Hermeneutics. Subject.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Graduado em Direito pela Universidade São Francisco e em Filosofia, pela Faculdade de São Bento. Mestre em Filosofia Política, pela Faculdade de São Bento, Mestrando em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática, pela Universidade Federal do ABC (UFABC) e Doutorando em Processo Civil pela Pontifícia Católica de São Paulo - PUC. Advogado consultivo e contencioso no escritório Ferreira Santos Advogados Associados. Professor Universitário.
Publicado
2012-07-20
Como Citar
SANTOS, FABIO MARQUES FERREIRA. CONVERSÃO DO DIREITO POSITIVO AO DIREITO SUBJETIVO MODERNO. Revista Em Tempo, [S.l.], v. 11, p. 40-51, july 2012. ISSN 1984-7858. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/emtempo/article/view/332>. Acesso em: 21 apr. 2024. doi: https://doi.org/10.26729/et.v11i1.332.
Seção
Artigos Seção Geral