A CULTURA ORGANIZACIONAL COMO FONTE PROPULSORA DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

  • Milena Barbaroto Fenille
  • Solange Aparecida Devechi Ordones

Resumo

A literatura indica que a cultura organizacional influencia as decisões e práticas organizacionais a ponto de interferir, postiva ou negativamente, na maneira como as pessoas se comportam e se sentem no ambiente de trabalho. Assim como as pessoas, cada empresa possui suas próprias particularidades, suas crenças, seus valores e sua história, fatores estes denominados de cultura organizacional. O estudo tem como proposta principal verificar o papel do ambiente organizacional no processo de promoção da qualidade de vida no trabalho. A metodologia é exploratória, descritiva e analítica que inclui levantamento literário impresso e online e, ainda, pesquisa aplicada em duas escolas municipais da cidade de Marília. Os resultados mostram que a qualidade de vida reune um conjunto de ações que devem ser implantadas rotineiramente nos ambientes como forma de promover o bem-estar e satisfação das pessoas e, consequentemente, melhorias tecnológicas, procedimentos, o que resulta na produtividade dos negócios.

Publicado
2019-11-27
Como Citar
FENILLE, Milena Barbaroto; ORDONES, Solange Aparecida Devechi. A CULTURA ORGANIZACIONAL COMO FONTE PROPULSORA DA QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO. REGRAD - Revista Eletrônica de Graduação do UNIVEM - ISSN 1984-7866, [S.l.], v. 12, n. 01, p. 128 - 142, nov. 2019. ISSN 1984-7866. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/REGRAD/article/view/3045>. Acesso em: 10 dec. 2019.