OS LIMITES E AS POSSIBILIDADES DA EDUCA√?√?O INCLUSIVA, CONFORME A PERSPECTIVA DO DIREITO

  • Mariana Moron Saes Braga
  • Jos√© Geraldo Poker

Resumo

Apesar das muitas pesquisas sobre a educa√ß√£o inclusiva, encontra-se ainda¬† longe de esgotar o assunto, tal sua complexidade. Quando analisada sob a perspectiva do Direito, a problem√°tica da inclus√£o se complica ainda mais. Mediante a compara√ß√£o da legisla√ß√£o na qual a inclus√£o est√° amparada, com outros c√≥digos legais, observou-se alguns desencontros que condicionam a pr√°tica da educa√ß√£o inclusiva na escola. O desencontro legal mais importante foi notado entre os princ√≠pios e finalidades da legisla√ß√£o inclusiva, que estabelecem a constitui√ß√£o do indiv√≠duo aut√īnomo como ponto de chegada do ato educacional, e as possibilidades concretas do adulto com certas defici√™ncias vir as ser considerado como sujeito capaz de exercer a autonomia em sua vida, conforme estabelece o C√≥digo Civil brasileiro. Se tais desencontros n√£o forem eliminados, a educa√ß√£o inclusiva possivelmente venha a se constituir numa experi√™ncia de educa√ß√£o restrita a crian√ßas e √† escola, n√£o podendo seus resultados serem estendidos para os ambientes e as decis√Ķes que caracterizam a vida adulta. Palavras-chave: inclus√£o; legisla√ß√£o inclusiva; igualdade; capacidade; autonomia.
Publicado
2009-03-20
Como Citar
MORON SAES BRAGA, Mariana; GERALDO POKER, José. OS LIMITES E AS POSSIBILIDADES DA EDUCAO INCLUSIVA, CONFORME A PERSPECTIVA DO DIREITO. Revista Em Tempo, [S.l.], v. 6, mar. 2009. ISSN 1984-7858. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/emtempo/article/view/140>. Acesso em: 14 aug. 2020.
Seção
Artigos Seção Geral