A EDUCAÇÃO JURÍDICA NA UFBA

A monitoria como espaço de iniciação à docência

  • Isabela Fadul de Oliveira Universidade Federal da Bahia
  • Eliane da Silva Barbosa
  • Gabriele Oliveira Alves
  • Quéren Samai Moraes Santana

Resumo

A ampliação dos cursos jurídicos no Brasil expandiu o mercado de trabalho para professores de direito e aprofundou a necessidade de formação para a docência no ensino superior. Apesar dos programas de pós-graduação cumprirem  tradicionalmente essa função formativa, com o advento da monitoria como modalidade de Atividade Complementar prevista nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em direito, estudantes vêm tendo a oportunidade de desenvolver habilidades e competências próprias da profissão docente. Esse artigo tem como objetivo apresentar o Programa de Monitoria na Faculdade de direito da Universidade Federal da Bahia como espaço de iniciação à docência. Após levantamento dos marcos normativos sobre o tema, o texto apresenta as características principais do programa para, em seguida, com base na análise de documentos administrativos, identificar o papel e a importância da Monitoria na formação dos estudantes.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Direito do Trabalho pela Universidade de São Paulo (USP) com especialização em Economia do Trabalho e Sindicalismo pelo Instituto de Economia da UNICAMP. Professora de Legislação Social e Direito do Trabalho da Faculdade de Direito da UFBA em regime de dedicação exclusiva, pesquisadora associada do Centro de Pesquisas e Estudos em Humanidades da UFBA (CRH/UFBA) e vice-coordenadora do grupo de Pesquisa "Transformações do Trabalho, Democracia e Proteção Social" da FDUFBA.

Eliane da Silva Barbosa

Graduanda em Direito pela Universidade Federal da Bahia. Integrante dos grupos de pesquisa Trabalho, Precarizações e Resistências (CRH/UFBA) e Transformações do Trabalho, Democracia e Proteção Social (FDUFBA).

Gabriele Oliveira Alves

Graduanda em Direito pela Universidade Federal da Bahia. Integrante dos grupos de pesquisa Trabalho, Precarizações e Resistências (CRH/UFBA) e Transformações do Trabalho, Democracia e Proteção Social (FDUFBA).

Quéren Samai Moraes Santana

Graduanda em Direito pela Universidade Federal da Bahia. Integrante dos grupos de pesquisa Trabalho, Precarizações e Resistências (CRH/UFBA) e Transformações do Trabalho, Democracia e Proteção Social (FDUFBA).

Publicado
2023-02-06
Como Citar
DE OLIVEIRA, Isabela Fadul et al. A EDUCAÇÃO JURÍDICA NA UFBA. Revista Em Tempo, [S.l.], v. 22, n. 2, p. 01 - 21, feb. 2023. ISSN 1984-7858. Disponível em: <https://revista.univem.edu.br/emtempo/article/view/3263>. Acesso em: 13 june 2024. doi: https://doi.org/10.26729/et.v22i2.3263.
Seção
Artigos Seção Geral