DO BIOPODER À BIOÉTICA

  • Carlos Almeida Aguiar UNIVEM

Resumo

Este artigo objetiva mostrar, em uma análise crítica, por meio de revisão bibliográfica e método hipotético dedutivo, que o surgimento da bioética não se deu com a criação desta terminologia (";bioética";), pelo oncologista americano Van Rensselaer Potterno, no ano de 1970, posto que, em verdade, seu surgimento está diretamente ligado com a necessidade de se proteger a vida no planeta diante da gestão do homem sobre ela, ou seja, das dinâmicas socioculturais e econômico-políticas do gerenciamento da vida, mais precisamente, ao nascimento do biopoder, identificado por Michel de Foucault.    

Publicado
2017-01-27
Como Citar
AGUIAR, Carlos Almeida. DO BIOPODER À BIOÉTICA. Revista de Artigos do 1º Simpósio sobre Constitucionalismo, Democracia e Estado de Direito, [S.l.], jan. 2017. Disponível em: <http://revista.univem.edu.br/1simposioconst/article/view/1135>. Acesso em: 24 apr. 2017.
Seção
Constitucionalismo e Democracia: crise e superação